quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

UM FELIZ 2010 PARA TODOS NÓS!

OLÁ AMIGOS, JÁ FAZIA TEMPO QUE EU NÃO POSTAVA AQUI NO MEU BLOG, MAS HOJE VENHO FAZER A MINHA ÚLTIMA POSTAGEM DE 2009.
GOSTARIA DE DESEJAR A TODOS E TODAS UM 2010 DE MUITA SAÚDE, PROSPERIDADE, PAZ E REALIZAÇÕES.

"O FUTURO DEPENDERÁ DAQUILO QUE FAZEMOS NO PRESENTE"
[Mahatma Gandhi].

UM FELIZ 2010 PARA TODOS NÓS!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Proposta de redistribuição do ICMS será votada até dia 22 deste mês

Não houve consenso entre os deputados reunidos na tarde de hoje (14) na Assembleia Legislativa.
A votação da proposta de redistribuição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) foi adiada. Isso porque não houve concensso entre os deputados acerca da matéria. O líder do PV, deputado Luiz Almir, não aceitou a dispensa de tramitação da matéria nas comissões. A Assembleia Legislativa entra em recesso nesta terça-feira (15), mas dia 21 deste mês deve acontecer uma auto convocação da Assembleia para que os deputados possam votar a matéria sobre a redistribuição do ICMS.De acordo com o presidente da Casa, deputado Robinson Faria, caso não seja construído um concensso, a matéria da Federação dos emurn será apresentada e posta em votação.

Após pressão, 'Festa do Menino Jesus' será realizada

O auto havia sido cancelado pelo governo do Estado na última terça-feira, mas será encenado entre os dias 26 e 29.
Após muita pressão sobre o Governo do Estado, atores do auto de natal “Festa do menino Deus”, conseguiram a manutenção da encenação, que será realizada no largo Dom Bosco, na Ribeira. A informação partiu do diretor geral e coordenador do evento, João Marcelino.Os ensaios que aconteciam no Colégio Atheneu foram suspensos na última terça-feira (8), pelo Governo do Estado, sob a alegação de falta de verba. O total do investimento previsto era de R$ 500 mil.A situação gerou mal-estar entre os mais de 150 artistas, coreógrafos, músicos, diretores, dramaturgos, entre outros envolvidos, que ajustavam os detalhes finais para a encenação. No entanto, a data prevista entre os dias 26 e 29 de dezembro foi mantida.João Marcelino, explicou que após um encontro entre a governadora Wilma de Faria e os artistas na sexta-feira (11), a peça voltou a entrar no orçamento, contudo com o valor reduzido. O coordenador explicou a importância da manutenção da apresentação.“A peça é genuinamente potiguar. Todo o processo foi pensado, idealizado e realizado por pessoas da terra, por pratas da casa.Temos que valorizar o que é nosso e exibir mais o que nós fazemos e não só prestigiar as produções que vêm de fora”, pediu.Sobre a parte financeira, Marcelino preferiu não comentar, dizendo que se atem aos “detalhes artísticos da peça”. “Nós tivemos o orçamento reduzido, mas o que está feito será encenado. Vamos fazer o que podemos com a verba garantida”, disse ele sem comentar o valor.O Nominuto.com tentou contato com o presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, para comentar o assunto, mas ele não foi encontrado.

Caern quita dívida com Cosern e encerra ano com as contas equilibradas

Garantia é do diretor da companhia, Walter Gasi, que adianta que investirá mais na área operacional em 2010.
A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está concluindo o ano de 2009 com um saldo positivo. Segundo o diretor-presidente da Companhia, Walter Gasi, a empresa conseguiu equilibrar as despesas e a receita e até o final deste ano deverá quitar uma dívida de R$ 15 milhões, dos quais cerca de R$ 14 milhões com a Cosern, débito que consumia grande parte da receita operacional. “Vamos entrar em 2010 com a empresa totalmente equilibrada financeiramente, pois conseguimos organizar a arrecadação e as despesas, reduzindo custos, renegociando contratos com fornecedores e recuperando PIS e Cofins”, afirma. Segundo Gasi, a Caern, em 2010, vai investir mais na área operacional, visando prestar um serviço cada vez melhor à população, especialmente em obras e serviços de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgotos sanitários, bem como na manutenção das redes e atendimento ao cliente. A micromedição, com a instalação de novos e substituição de antigos hidrômetros, vai também receber impulso, visando evitar desperdício e socializar o fornecimento de água, com o usuário pagando o que realmente consumir.Para o diretor- presidente Walter Gasi, 2010 será o ano que vai separar a antiga e a nova Caern. “A Companhia está se estruturando para prestar um serviço rápido, eficiente e confiante. Com esse objetivo, contratou, através de concurso, empregados para diversas áreas, injetando sangue novo no experiente quadro já existente, visando somar esforços em favor da coletividade”. Para o próximo ano, ele já anunciou a realização de novo concurso público para ampliar o quadro de técnicos de níveis médio e superior da empresa.

Servidores de quatro órgãos municipais param nesta terça-feira

Funcionalismo luta por aprovação de projeto auxílio-transporte na Câmara dos Vereadores.
Servidores de quatro órgãos da prefeitura de Natal - Semob, Semtas, Semopi e Guarda Municipal – param suas atividades a partir desta terça-feira (15). A medida visa pressionar a Câmara Municipal a aprovar projeto-de-lei de interesse da categoria, previsto para ser apreciado pelos vereadores amanhã à tarde. O Sindicato dos Servidores Municipais (Sinsenat), com a atitude, pretende conseguir a aprovação do projeto do auxílio-transporte, de autoria da vereadora Sargento Regina. Segundo explica a diretora da entidade, Soraya Godeiro, com a implantação da bilhetagem eletrônica nos ônibus de Natal, os servidores da prefeitura – com exceção da Urbana, que já recebem a ajuda financeira em contracheque - se viram obrigados a utilizar apenas esse meio de transporte, quando na verdade antes poderiam optar por outros tipos, algumas vezes melhores para chegar ao trabalho. “O ônibus não atinge todos os bairros. Para algumas pessoas, é melhor pegar trem, alternativo, botar combustível no seu carro ou moto ou ainda ir de bicicleta”, exemplifica. A matéria tramita na Casa Legislativa desde setembro e, para o sindicato, está sendo protelada para atender interesses particulares. “Essa demora acontece porque há interesses de manter o monopólio, obrigar o servidor a usar apenas um serviço, atendendo interesses empresariais e não sociais. Não entendemos isso, porque não altera em nada o custo da prefeitura. Uma cidade de 800 mil habitantes não pode concentrar isso nas mãos de um setor”, critica.Para o sindicato, o projeto tem que ser aprovado de forma consensual, chegando a concordar com uma emenda do vereador Adão Eridan, que faculta o servidor a escolher entre o auxílio-transporte e o cartão eletrônico.O Sinsenat prevê a paralisação de mais categorias, caso o projeto não seja votado e aprovado: Saúde, Educação, Semut e Semurb. A decisão acontecerá após a sessão da Câmara desta terça.O auxílio-transporte já é garantido aos servidores federais, estaduais e da Urbana.

Gripe A: Giselda registra mais de 300 casos suspeitos em dezembro

Diretora do hospital diz que o aumento no número de pacientes é provocado pela deficiência no atendimento básico dos postos de saúde da capital.
O número de pacientes com suspeita de gripe suína continua crescendo, juntamente com a quantidade de pessoas que procuram o hospital Giselda Trigueiro. Um novo boletim divulgado nesta segunda-feira (14) registrou 300 notificações de casos suspeitos somente nessa primeira quinzena de dezembro. O número é quase o triplo do registrado em novembro inteiro - 104 no total.Para a diretora do hospital, Milena Martins, o aumento no número de pacientes é provocado pela deficiência no atendimento básico dos postos de saúde da capital. “O número de pessoas que procuram o Giselda tem crescido muito porque os postos de saúde não conseguem identificar a doença e encaminham para o Gilseda”, declara a diretora.Ela conta que os casos suspeitos de contaminação da gripe suína aumentam durante a semana, de segunda a quinta-feira e diminuem no final de semana. “Os pacientes chegam com febre, dor na garganta, espirro, tosse e os tradicionais sintomas da doença”, afirma Milena. Mesmo assim, ela destaca a ineficiência no trabalho dos postos de saúde. “Nossa grande dificuldade é com o grande número de pacientes com sintomas leves que deveriam estar sendo atendimento nos postos de saúde”, explica Milena.

Trabalhadores rurais comemoram entrega de títulos de terra

Além da entrega dos títulos, a governadora e o Ministro do Desenvolvimento Agrário assinaram vários convênios para a agricultura do Rio Grande do Norte.
Os trabalhadores rurais comemoraram na manhã dessa segunda-feira (14) a entrega de títulos de terra - feito pelo Governo do Estado em parceira com o governo federal - e assinatura de convênios num valor de R$ 20 milhões que beneficiam a agricultura no Estado. A regularização fundiária foi feita nos municípios de Santana do Matos e São José de Campestre, dando posse a terras de quem antes tinha apenas a posse. Os trabalhadores rurais de Touros e Pureza também comemoraram a entrega dos títulos e agradeceram ao Governo do Estado. “Estou muito feliz com o certificado que sou dono da minha terra. Agora ninguém mexe comigo”, diz emocionado o senhor Álvaro da Silva. Ele conta que mora no local desde a década de 40 e que a segurança dada pelo documento marca o início de uma nova vida. “Vou poder ficar no meu canto pra sempre”, afirma o trabalhador rural de Touros. Durante o evento, o Governo do Estado anunciou o resultado do Expresso Cidadão nos municípios rurais do Estado com atendimento a 35 mil mulheres e mais de 59 mil emissões de documentos. Uma das beneficiadas é Ana Maria, agricultora de Touros. “Esse é um momento muito importante para os trabalhadores rurais. A luta dos movimentos sociais resultou no recebimento do título da minha terra e ainda tenho acesso a programas sociais já que agora tenho meus documentos”, disse destacando o projeto do Expresso Cidadão.
Além da entrega dos títulos, a governadora Wilma de Faria assinou vários convênios para o setor de agricultura do Rio Grande do Norte juntamente com o Ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel. Os convênios têm como objetivo diminuir as desigualdades sociais através do Pacto Federativo de ATER (Assistência Técnica e Extensão Rural) que engloba uma rede de ações voltadas para o desenvolvimento da agricultura familiar, através da ampliação da oferta da extensão rural nos Territórios da Cidadania. Pacto Federativo de ATERO programa valoriza o acesso qualificado as políticas públicas agrícolas, estimulando a geração de emprego e renda, além da melhoria da qualidade de vida das populações rurais. No Rio Grande do Norte, 116 municípios estão inclusos nos Territórios da Cidadania, todos eles assistidos pelos serviços de extensão rural da Emater-RN. Dos municípios contemplados, 15 estão na região do Mato Grande, 16 no Apodi, 14 em Mossoró, 30 no Alto Oeste, 11 no Potengi, e 30 no Seridó. O Pacto Federativo de Ater prevê a ampliação do atendimento aos agricultores familiares no estado. A meta para 2010 é elevar o número de trabalhadores assistidos de 20.470 para 47.094.Para tanto, estão previstos investimentos acima de R$ 10 milhões - recursos do governo federal com contrapartida de 10% do governo do estado. Os recursos deverão ser investidos na formação de novos extensionistas, e realização de eventos técnicos, como, dias de campo, circuitos tecnológicos, feiras de alimentos, fortalecimento da cadeia produtiva leiteira e cadeia produtiva do caju, agroecologia, biodiesel, emissão de laudos do Pronaf e a melhoria de infra-estrutura de Ater, incluindo a renovação da frota, novas estações de trabalho e equipamentos de informática.

Governo Federal investe na área rural do Rio Grande do Norte

Serão recuperados 200 quilômetros de estradas e implantados sistemas de abastecimento de água em assentamentos.
Brasília - O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, assina hoje (14) com a governadora do Rio Grande do Norte, Wilma Faria, autorização de repasse de R$ 18,5 milhões para desenvolver o setor rural no estado. Serão recuperados 200 quilômetros de estradas e implantados sistemas de abastecimento de água em assentamentos. O estado vai receber também uma unidade do Expresso Cidadão, ônibus adaptado para agilizar mutirões do Programa Nacional de Documentação de Trabalhadora Rural.

Cacau Show abre 2 mil vagas temporárias

Para concorrer, candidatos devem ter idade superior aos 18 anos e experiência em vendas.
A Cacau Show, considerada uma das maiores rede de lojas especializada na produção de chocolates, está contratando 2 mil colaboradores para trabalharem durante o período de final de ano. As vagas estão distribuídas nas 700 unidades da rede no país. Para concorrer, os candidatos podem entregar o currículo em uma das lojas da rede, de preferência próximo do local de residência. A empresa admitirá candidatos que tenham o segundo grau completo, idade superior de 18 anos e com experiência anterior no setor de vendas com possibilidade de efetivação nos cargos.